terça-feira

Bolachas

Qaundo vi estas formas de animais, no Ikea, não resisti. Sabia que na cozinha das coresía arranjar uma receita saborosa e saudável para miúdos e graúdos. Da próxima vez faço um tabuleiro com raspas de laranja e outro com raspas de limão.
Li ...
"(...) respirasse o ar familiar de velhos festejos natalicios(...) tivera vontade de lhe preparar montanhas de bolachas, como em criança (...) que lhe pedira que cozinha-se e ela" não tinha tempo ". Só agora se dava conta. A famosa" falta de tempo" tinha arreabatado-lhe o maior prazer que uma mãe podia ter: saborear o filho nos momentos mais quotidianos e simples. perdera os pedaços mais saborosos do bolo da vida" in "O que falta ao tempo" de Angela Becerra
Há sempre tempo, gozem bem os vossos filhos!

2 comentários:

Anónimo disse...

como e' que tens tempo para tudo isto!!! filhos, marido, alunos, animais bordados, workshops, sobrinhos..................

Borboleta Serrana disse...

Faz hoje 6 anos que dei entrada no Hospital S.José com um meningioma.Depois da minha "estadia" prolongada e de um grande susto, se já tinha garra para fazer tudo e mais alguma coisa, ainda fiquei com mais. Quero aproveitar ao máximo a minha Vida :)))))