sexta-feira

Há dias assim...

Por razões particulares, ando super ansiosa e com uma imensa tristeza, eis que ontem quem me visse não diria tal coisa!
Comecei por ir a um cabeleireiro aconselhada pela minha cunhada Z. na tentativa de me transformar numa "Princesa animada" para a festa de uma das minhas princesas favoritas, a minha sobrinha Carminho. O que era para ser só uma ida ao cabeleireiro, transformou-se numa comédia! Uma das cabeleireiras desmaiou e tiveram de chamar o INEM! Calma, não se precipitem a julgar-me, sei que até aqui não havia motivos de risada. Afinal não era nada e o meu novo "amigo" explicou-me que a colega estava com uma grande depressão, passava a vida nos médicos, acabando por ter todos os sintomas das doenças que consulta na net!! Foi então que começou a diversão, a chamada telefónica entre médicos, que apesar de perdermos metade do diálogo, a outra metade era de chorar a rir.
"- Não, não preciso de nada! nem ambulância, nem carro funerário" - médico no cabeleireiro
"-................" do lado de lá?!
"- Estou no céu, rodeado de anjos:)"
"-..........."
"- Maravilha, se o céu é assim, não sei porque nos chamam com tanta insistência"
Entretanto as cabeleireiras decidiram dar um novo visual ao médico, até teve direito a corte de cabelo.
O meu novo"amigo" comentava:
"- Há gente com sorte, veio de mota, não teve problemas em estacionar, não paga parquímetro e ainda sai daqui com novo visual!" .
E mais não contarei para não expor ninguém, mas saí de lá com marcação para fazer nuances na 2ªf e quem sabe se não terei por companhia um médico a fazer madeixas! Foi uma risada e saí sentindo-me "A Princesa feliz".
À vinda para casa descobri mais uma das asneiras do meu filho, uma das razões das minhas insónias. Quando conversei com ele, fizemos um balanço da asneirada desta semana, que começou por levar um rato morto para a aula de Biologia na esperança de lhe fazer uma autópsia, tendo acabado em falta disciplinar, até.........................................................................................................................................
vamos ver, a semana ainda não acabou e hoje é o dia em que a DT me costuma ligar! Conclusão do António:
- Mãe nem tudo é mau! Tem um filho multicultural, o Tay é chinês, o Deep é indiano, depois é o "Preto", eu sou o "Branco"...
- António chega!
- Não sou eu  o criativo da asneira!
- Que ideia! - exclamei eu
- Não mãe, porque faço um tipo de asneira com uns e outro tipo com outros! Sou um jovem multi facetado ;)  Agora falta-me "aquele" abracinho Mãe.
- E que tal uma "lamparina"?! Acredito que Deus um dia vai estar mais atento a esta mãe e ouvirá as minhas preces. Deve andar ocupado com as mães que sofrem desgostos bem maiores que os meus... filhos internados no IPO...
- A mãe quer dizer com isso que só quando se descobrir a cura para o cancro é que eu terei solução?!
- Não!  Mas um dia, num acto de fé permanente e persistente, vou colar um post-it, amarelo florescente, (talvez verde, cor da esperança, seja uma melhor opção!) com a minha oração escrita a bold e sublinhada, por cima da minha cabeceira, para a minha prece permanecer ali 24h por dia, para quando Deus tiver uma pausa, o ler!
- Anime-se que eu já estou a entrar nos eixos;) -  faz-me uma carícia tentando me dar a volta.
- Vais entrar e é já,  com castigos muito bem escolhidos por mim e serei "maquiavélica".
Entretanto chegam as minhas filhas do funeral do avô de uma grande amiga. Preparada para lhes dar o meu apoio, às jovens sensíveis e de lágrima no canto do olho, mas ainda acabei a rir com uma delas:
- Mãe chegámos e ficámos ao fundo da capela, quase à porta. Chega o padre e era preto.
- Madalena?!
- A mãe sabe que não temos ponta de racismo e de preconceitos, mas o avô da "X" era racista! 
(o António diria: "Justiça poética")
- Foi aí que tudo começou, quando cruzámos os olhares entre nós ( as amigas da neta).
-Chega a "w" atrasada, com aquele ar que a mãe sabe! Vê o padre e de imediato tem uma visão de um coro godspell. E não é que o padre se põe a cantar! Não tínhamos dito nada umas às outras, mas conhecemos-nos tão bem, que desatámos a chorar a rir, o que foi entendido como lágrimas de dor!".
Da conversa animada com os meus filhos passei para as aulas com os meus alunos de 9º ano, que já vêm comigo desde o 7º ano e uma aula de hereditariedade também me animou bastante. No intervalo, um dos pontos altos do dia para quem trabalha numa escola, ainda dei umas boas risadas com as minhas colegas e amigas.
  Corri da escola para ir ter com a minha Mãe, as suas amigas médicas e professoras num "clube" de bordados. Foi uma troca de ideias enriquecedora onde também não faltou animação! As minhas cunhadas têm de se juntar ao grupo "refugiando-se" por um par de horas de todo o tipo de obrigações e afins!
De manhã saí de casa com uma profunda tristeza e levei o dia no mínimo a sorrir, mas fartei-me mesmo foi de rir, apesar dos problemas que tenho vivido.
Serei louca?! Se sim, quero me manter neste estado de  loucura  que me permite caminhar energicamente para o "amanhã" apesar de recear o que o "amanhã" me tem para dar.
A minha maior fonte de  energia está na família!
 Bom fim de semana!

12 comentários:

cesto da roupa disse...

já chorei a rir com o "teclando" de hoje!Muito obrigada!

Naná disse...

Não é nada louca, continue a rir e a sorrir sempre assim!
O meu avô, que era um sábio, dizia que se encarássemos as dificuldades a rir e a cantar, elas eram mais fáceis de suportar e ultrapassar!

aqui pelo campo... disse...

Agora fizeste-me rir....e pensar!
Esta semana também não foi "pêra doce", com o L. que anda a ficar viciado em consolas: sejam elas de que tipo forem....todos os dias acabei (e comecei) o dia aos berros sempre pelas mesmas raz\oes!!!!
O que vale é que não há duas semanas iguais!!!
Beijinhos Sfia e bom fim de semana!
(amanha vou "á tua serra", ver a familia)

Paula Pessanha disse...

Já li... imagino agora porque é que o Pedro dizia ontem que aquela série que estavam a ver eram vocês os cinco... será piada?
Mas Sofia, uma coisa boa que tens é a facilidade com que expôes os teus "problemas"...isso é optimo, acredita que é metade da cura!
Sair de casa de manhã triste ou deprimida é comum ... o que não é comum é viver esses episódios todos em simultâneo, o que pôe qualquer um bem disposto... por isso anima-te, porque tristezas anda meio português a viver mas só outro meio tem capacidade de dar a volta!!!!! (parece que hoje é o meu dia de desabafo...)
Beijos

nany disse...

Olá mana! Acabei de chegar , dar banho as minhas princesas e deita-las e estava ansiosa por este momento, para vir ver o teu blog.Realmente que dia....Um dia vou aprender com a mana mais velha a transformar um dia "menos bom" e com preocupações, num dia no minimo "interessante" e bem vivido.Hoje a tua sobrinha era alegria a transbordar pot todos os poros..." Mãe esta festa é a melhor de sempre". A alegria dela valeu o esforço, e esteve um dia liiiindooo!!!!!E serviu tb para eu me sentir melhor ,pq em relação a leonor ela em festas estava em desvantagem, mas hoje compensei-a e em grandeee, estou feliz por tê-lo feito. Bjs

SofiAlgarvia disse...

Sofia, espero que a semana corra bem melhor e que te faça rir muuuuuuito!
Bjs

Borboleta Serrana disse...

A minha mana anónima, por aqui e com nome!

Quanto às restantes que aqui comentaram ainda bem que se riram, mas o dia não ficou por aqui e tive uma tarde em cheio com uma aluna muito..."peculiar" que bebeu dois redbulls!! Solução, sentei-a ao meu lado, depois da tentativa falhada de lhe dar um chá calmante e agarrando-lhe na mão todo o tempo ( e eu que gosto de gesticular e de andar para cá e para lá, ali sentada!)e disse-lhe "Já fui ao céu e voltei contigo ( à entrada da escola quando me abraçou quase me sufocando), tu contínuas a ir e a voltar, agora que te agarrei as asas vê se aterras, porque a seguir corto-te as asas e vais a pique para o inferno! E depois "botei" discurso sobre comportamentos de risco e as C.N ficaram adiadas por mais uma aula, só que o ministério na carga horária semanal, já não contempla o programa da disciplina, muito menos "conversas e afins" com os alunos, às vezes muito mais importantes!

Teresa disse...

oi prima, adorei este momento de leitura hehehehehehe grande cabeleireiro o teu!!!!! tu e os teus filhos são o maximo! Por aqui tb vamos tentanto rir e brincar com momentos dificeis que vamos atravessando, mas acha um sorriso na boca e humor na alma que tudo anda para a frente. Quanto á tua amiga do redbull tenho uma apresentação em powepoint muito boa para lhes passares (se assim este ministerio te premitir!!) beijocas grandes e fico contente pela festa da Carminho e do teu belo cabelo de princesa. Teresa

Teresa disse...

oi prima, adorei este momento de leitura hehehehehehe grande cabeleireiro o teu!!!!! tu e os teus filhos são o maximo! Por aqui tb vamos tentanto rir e brincar com momentos dificeis que vamos atravessando, mas acha um sorriso na boca e humor na alma que tudo anda para a frente. Quanto á tua amiga do redbull tenho uma apresentação em powepoint muito boa para lhes passares (se assim este ministerio te premitir!!) beijocas grandes e fico contente pela festa da Carminho e do teu belo cabelo de princesa. Teresa

Inês Menezes disse...

Fartei-me de rir a ler este post! Ainda bem que alegramos a sua vida :)
Adoro-a!

Anónimo disse...

Que risada, já percebo porque é que o tio disse que parecemos uma serie da televisão e tenho de concordar! Fiz uma pausa de estudo e tudo para ler isto, que a Inês disse-me que se queria relaxar um bocado tinha que ir ler o blog da mãe ahah. Bem vou voltar ao estudo beijinhos borboleta princesa

Borboleta Serrana disse...

As minhas Princesas por aqui?! Uauu!
Já vissem se eu escrevesse todos os dias sobre nós os 5?! "Ganda" comédia! Se calhar alguém pegaria nos meus textos e faria tb uma série!
Que tal blogar sobre a nossa ida ontem par casa das primas: o condutor ao nosso lado a dançar no carro e logo de seguida a vossa mãe a dançar... "Sofia para! Oh mãe!", as conversas que tivemos em família...ehehehe...o more!!!altamente e já no regresso os cálculos matemáticos no elevador! ADORO-VOS, sou SUPER feliz e ....somos uma risada....quando queremos;)