terça-feira

O que me faz FELIZ?!

FAMÍLIA!
O meu último pensamento do dia de ontem, já deitada, ouvindo os meus filhos na risota foi...
"Se pudesse parava o tempo...agora ... Estou feliz em família ! "
 Há dias perfeitos, tudo corre bem. A rotina não é mais que um encadeamento de coisas a fazer mas nas quais me sinto realizada. Uma aula que me corre bem, sorrisos trocados com os alunos, cumplicidade vivida com outros, laços que sinto que estou a criar, paixão pelo mundo vivo, pelos fenómenos naturais, pela ciência, que consigo partilhar. Nos intervalos conversamos com uma colega que ao longo dos anos passou a ser uma amiga. Chego a casa e sinto-a viva! Não estou só. Depois da rotina doméstica junto-me a uma das minhas filhas no seu quarto e falamos "horas a fio", de tudo e de nada, enquanto faço uma manta para  o quarto delas. Os outros vão chegando, contam as novidades, brincam e rimos. Saio do conforto da casa para passear os meus cães e tenho a felicidade de me cruzar com o meu Paizoco. Há felicidade maior do que ter os pais e 3 irmãos a vivermos todos num mesmo quarteirão, sem precisarmos sequer de atravessar uma estrada para estarmos juntos?! Sou ou não sou abençoada?!
 Volto para casa e o jantar é uma animação de conversas cruzadas. Ao serão as mulheres da casa vêem "Downton Abbey" e os homens trocam estratégias de jogo. Preparamos-nos para mais um final de dia, vou aos quartos dar beijinhos de boa noite. O meu filho, sempre brincando, aparece no quarto das irmãs com o cabelo em pé, põe os dedos na tomada e diz "-'Tou a apanhar um choque" e faz o teatro completo! Desatamos a rir. Deito-me a ouvir os meus filhos na galhofa e sinto que quase rebento de Felicidade e quero parar o tempo. Sinto-me segura na minha felicidade e quero segurar o momento!
 Leio Mia Couto...
"Ante o frio,
faz com o coração
o contrário do que fazes com o corpo:
despe-o.
Quanto mais nu,
mais ele encontrará
o único agasalho possível
- um outro coração".
 Haverá FELICIDADE e milagre maior do que sermos agasalho e agasalhados pelo amor dos filhos, pelo amor vivido a dois? E termos tantos agasalhos perto de nós, pais, irmãos e sobrinhos...?! E mais, sermos agasalho para tantos?

4 comentários:

Anónimo disse...

Tudo o que eu gostava de sentir, mas que apesar de todos os meus esforços não consigo, porque não depende só de mim.
Muitas felicidades para si e para os seus

Anónimo disse...

Tem tudo o que eu gostava e me esforcei para ter, mas sozinha é uma luta ingloria.
Muitas felicidades para si e para os seus.

Inês M. disse...

São precisamente esses pequenos detalhes que preenchem os nossos dias de felicidade, é bom saber dar-lhes valor

Borboleta Serrana disse...

Para os anónimos que comentaram esta minha mensagem:
NÃO desistam porque um dia não estarão sós!
Desejo-vos tudo de bom. Sejam felizes!