domingo

Fernando Pessoa

"Não importa se a estação do ano muda...
Se o século vira, se o milênio é outro.
Se a idade aumenta...
Conserva a vontade de viver,
Não se chega a parte alguma sem ela."
Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.
Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário. Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas. Se achar que precisa voltar, volte! Se perceber que precisa seguir, siga! Se estiver tudo errado, comece novamente. Se estiver tudo certo, continue. Se sentir saudades, mate-a. Se perder um amor, não se perca! Se o achar, segure-o!
Inspiração para o próximo bordado. Um desenho de Fernando Pessoa, desenhado por "Ivens Pessoa". Comprei à porta do teatro S. Carlos. Uma forma diferente de pedir ajuda a quem passa:
 "- Fui artista  de teatro e estou desempregado. Não  quer um dos meus desenhos, pelo preço que considerar justo?!"
Vamos ver no que isto dá !!
 

4 comentários:

nany disse...

Vou ficar atenta a espera do resultado , estou muito curiosa. Andaste nas minhas "bandas" ? Maravilhosa a nossa Baixa Lisboeta!Adoro , desde os 9anos que vou para lá todos os dias e continuo a achar fabulosa a Baixa.

Jeito Mineiro de Ser disse...

Lindas e sabias palavras... Copiei-as e enviei a uma amiga que hoje precisava ouvi-las (lê-las|.
Quanto ao bordado estou curiosa...
Um abraço!

Egléa

Anónimo disse...

Fotografa e mostra o trabalho do Ivens Pessoa ;)

Borboleta Serrana disse...

Ok Anónimo! Mas a minha máquina está avariada, só posso tirar com o telemovel e depois copiar para aqui;)