sexta-feira

Encontro de tricot no Café Saudade

A noite de ontem soube-me mesmo bem. No final de um dia de trabalho "fugi" até à minha Serra e matei Saudades do bem comer e bem-estar no Café Saudade.
Na minha Vida-a-vida, passou a fazer parte da rotina do meu dia-a-dia uma pausa semanal, no Café Saudade. Mas ontem, pela primeira vez, fui a um encontro de tricô e a pausa semanal na Saudade passará a ser muito mais que isso! 
Senti-me em casa, rodeada de mulheres como eu, que encontram ali um momento que é só delas. Tricotámos, trocámos ideias e experiências, conhecemo-nos um pouco. Ao ritmo das agulhas, bebi o meu carioca de laranja com canela, e senti-me nas nuvens.
Carioca de laranja-fotografia do café Saudade
 Eu tinha "abandonado" testes dos meus alunos por corrigir, e todas elas tinham deixado em suspenso o trabalho e as preocupações. Duas, apesar de começarem o dia seguinte às 6 da manhã, não perdem um encontro! Uma tem a experiência de mais de 30 anos a tricotar, conseguindo sempre tirar dúvidas, motivar e ensinar. Só neste encontro me apercebi da escolha de uma 5ªfeira à noite! Não rouba tempo à família e é uma recarga de bateria para a recta final de uma semana de trabalho.
Assim que fecho a porta deste café, já tenho Saudade dos momentos que lá passei! 
Nunca vi encontros de bordados! Vocês conhecem algum?

2 comentários:

Naná disse...

Gostava que aqui na minha terra houvesse um espaço desses, onde pudéssemos reunir um dia por semana, fugir da vida-a-vida (gostei mesmo desta expressão!)

Acho que vou experimentar a fazer um carioca desses, tem muito bom aspecto!

Inês M. disse...

Gostei muito de partilhar este momento consigo :)