quinta-feira

My Creative Space #13 - 2013

Mais uma aula de bainhas abertas. Desta vez calhou uma bem simples e rápida de fazer, "aranha antiga".
aranha antiga
Esta é a terceira, do Sampler, de bainhas abertas.
É extremamente relaxante, terminar o dia a tecer bainhas. Já experimentaram?!

sexta-feira

Encontro de tricot no Café Saudade

A noite de ontem soube-me mesmo bem. No final de um dia de trabalho "fugi" até à minha Serra e matei Saudades do bem comer e bem-estar no Café Saudade.
Na minha Vida-a-vida, passou a fazer parte da rotina do meu dia-a-dia uma pausa semanal, no Café Saudade. Mas ontem, pela primeira vez, fui a um encontro de tricô e a pausa semanal na Saudade passará a ser muito mais que isso! 
Senti-me em casa, rodeada de mulheres como eu, que encontram ali um momento que é só delas. Tricotámos, trocámos ideias e experiências, conhecemo-nos um pouco. Ao ritmo das agulhas, bebi o meu carioca de laranja com canela, e senti-me nas nuvens.
Carioca de laranja-fotografia do café Saudade
 Eu tinha "abandonado" testes dos meus alunos por corrigir, e todas elas tinham deixado em suspenso o trabalho e as preocupações. Duas, apesar de começarem o dia seguinte às 6 da manhã, não perdem um encontro! Uma tem a experiência de mais de 30 anos a tricotar, conseguindo sempre tirar dúvidas, motivar e ensinar. Só neste encontro me apercebi da escolha de uma 5ªfeira à noite! Não rouba tempo à família e é uma recarga de bateria para a recta final de uma semana de trabalho.
Assim que fecho a porta deste café, já tenho Saudade dos momentos que lá passei! 
Nunca vi encontros de bordados! Vocês conhecem algum?

segunda-feira

Ponto pé de flor português

Adaptando o lema dos 3 Rs, a semana passada decidi "renovar/ reciclar/ redecorar" os lençóis, da casa "Entre a Serra e o mar".
Para que ficasse bem português, optei por experimentar bordar o ponto pé de flor português, com uma linha mesclada que tinha há já uns anos. 
Ponto pé de flor tradicional
Volta a apanhar os dois fios, sem apanhar o pano
 2ª volta executa-se da mesma forma, sem apanhar o tecido.
Terminada a 2ªvolta, borda-se o ponto pé de flor tradicional.

Optei por bordar os pontos muito juntos, mas podem ser bordados mais afastados, tudo depende do efeito que se pretende obter. Continuo sem máquina fotográfica, daí a péssima qualidade das fotografias. Consultem o vídeo da Mary Corbet, a quem agradeço as aulas que partilha na sua página.
 Como é 2ªf , vou partilhar com a Cindy, este ponto Português!

domingo

Do fim de semana

O frio afastou a Primavera e reaproximou-me das lãs! Assim já posso regressar aos encontros de tricot.
 Comecei a tricotar mais um xaile, pois cometi um erro de principiante e comprei lã a menos para o meu 1º Cardigan. Só desculpas, pois na verdade ainda não aprendi como tricotar o projecto que tanto gostei.
  Este bocadinho, tricotei no Museu do Oriente, enquanto esperava o . Para a semana partilharei um pouco da nossa "viagem pelo Oriente"!
Bordado da Índia

quinta-feira

My Creative Space #11 - 2013

Estou à nora com os fios...

...desejando que chegue depressa o fim de semana! Tenho saudades  de caminhar na "minha"Serra,  respirar ar puro e de ver o mar.
do passado fim de semana
A página da Kootoyoo será junto ao mar?! Vou tentar descobrir.

domingo

A minha nova aldeia

Fica na Serra, a olhar o mar. 
 Todas as ruas têm nome de flores.
 Os caminhos são rurais, de Sintra antiga.

 
 
  As casas, na sua maioria, são antigas casas de aldeia, recuperadas.


As janelas

Na minha nova aldeia, os meus vizinhos são uns originais!
Cuidado com o gato
E têm mais coisas em comum comigo, do que imaginam.
Fazem-me sentir, que este sempre foi o meu lugar, a minha aldeia e que aqui sempre pertenci.
 Os meus cães e eu, já fomos conquistados por esta aldeia "Entre a Serra e o Mar".

sexta-feira

Ontem foi dia da espiga

Bainha aberta?!
Espiga, claro!
O raminho, não são verdadeiras espigas. São selvagens, apanhei num caminho da minha cidade. O campo faz-me falta, ainda bem que amanhã já é fim de semana, para ir até à aldeia, "Entre a Serra e o mar".

quinta-feira

My Creative Space #10 - 2013

21 anos da Madalena e 5ªf da espiga.
Um presente, por agora, inacabado
 Há uns anos, o dia 9 também foi dia da espiga. A Madalena recebeu a Mãe ursa com a sua filhota,  vestidas de  igual, apenas diferentes no bordado a ponto de cruz.
de há uns anos, quando a M. ainda não era a "esquilinho"
 Hoje estou-lhe a bordar uma árvore com esquilos! Terei de lhe oferecer um ramo de espiga, pois aqui não há lugar para bordar espigas, papoilas...
Uma carta especial
Palavras que só a nós, mãe e filha, nos pertencem.

Bom dia:)

salame de chocolate e a  regueifa favorita da Esquilinho
 A criatividade do dia, Kootoyoo, foi aplicar esquilos no individual, fazer um mini esquilo de salame para dar os bons dias à nossa "Esquilinho", porque "hoje é dia de festa, cantam as nossas almas, para a esquilinho Madalena, uma salva de palmas".
 

domingo

Árvores

 "Olhar face a face a minúcia da beleza da árvore era inútil. Trezentas mil folhas tremiam na árvore tranquila"  Clarice Lispector

A minha mãe  bordou árvores da vida, com frases, entrelaçadas no seu "bosque".
O bordado da minha mãe
 Na ponta da toalha, prendendo a bainha, está a bordar ponto pé de flor português..
Estou também de volta de uma árvore, para a minha filha, mas em ponto de cruz.
Obrigada mãe por esta paixão, por linhas e agulhas, e MUITO mais, mas o "muito mais" aqui teria ar de frases escritas por encomenda. Fica a frase que, tantas e tantas vezes, escrevemos na escola, quando chegava o dia da Mãe.
Com 3 letrinhas apenas, se escreve a palavra MÃE. A palavra mais pequena, a MAIOR que o Mundo tem.
Mas voltando ao princípio, sim mãe, sei que sou a mais indisciplinada dos 4, até na escrita. Mesmo assim podia ser pior, se a mãe não tivesse insistido comigo sempre que me deparava com textos e mais textos e lhe respondia "Uma cópia tão GRANDE?! Não faço". Bem, agora vou mesmo voltar ao princípio, e vou fazer batota, desta vez recuso-me a fazer uma cópia. Vou brincar com as palavras e com a sua bem dita paciência. Aqui vai:
"Olhar face a face a minúcia da beleza da sua infinita paciência, era inútil. Trezentos mil pensamentos  tremiam na mente da sua filha, que irrequieta e teimosa contrariava até à exaustão a paciência de sua mãe".
Mãe, agora muito a sério e numa só palavra, OBRIGADA.

da net

quarta-feira

Natureza em risco, preservada no linho

Ele, geólogo, conquistado pelo "risco".
Ela, bióloga, conquistada pelas linhas.
Ambos amantes da Natureza, partiram para um projecto a dois.


Os trilhos, a percorrer, serão em terra Lusa. A natureza em "risco", será preservada no linho, "Entre a Serra e o Mar".

A Serra
O mar; da net- Praia da Ursa, Sintra.
Considerada pelo Guia Michelin como uma das mais belas praias do mundo