quarta-feira

Scottish Tapestries

Depois da aventura de bordar um dos painéis da Scottish Diaspora Tapestry, fiquei com imensa vontade de ir até à Escócia, para ver a Scottish Diapora Tapestry e a Great Tapestry.
Tenho andado a estudar a Escócia através da leitura de livros e de blogues, os melhores sítios a visitar, onde ficar, como me deslocar...
Para quem já esteve na Escócia, fica um apelo a sugestões/ dicas!
Para já ficam algumas fotografias do painel bordado em Lisboa.
Canutilho, bordado de Guimarães
ponto pé de flor Português
Ponto frouxo, do Bordado de Castelo Branco
Crivo fingido, Bordado de Castelo Branco
"velhinhas" do Bordado de Castelo Branco (ponto da esquerda)
Ponto torcido, do Bordado de Castelo Branco (ponto da esquerda)
Ponto pé de galo, do Bordado de Castelo Branco (ponto da direita)
 

Matiz, do Bordado de Castelo Branco
ponto grilhão
 Nos diversos encontros, foram bordados todos os contornos a ponto pé de flor; os rios e "vinho" a cadeia. A escolha dos pontos do painel de Lisboa, tornou-o assim mais simples permitindo a participação de muitas bordadeiras, até por crianças da minha Escola!
No nosso último encontro, tivemos o privilégio de ver o painel do Porto, muito rico em pontos, bordado pelo grupo da Méri.
 O nosso painel, tal como o do Porto, foi acompanhado com um livro da "agulha não pica" autografado por todas as participantes desta aventura na ponta da agulha.
 Tudo isto graças à Gabi, da "agulha não pica", que descreveu os bordados aqui, no blog feeling stitch.

2 comentários:

porque sim disse...

Que trabalho fantástico!! Vai voltar a ser mais participativa aqui no blog? Faz trabalhos tão lindos...

Borboleta Serrana disse...

Obrigada.
Estou de volta sim, assim o tempo me o permita!