quarta-feira

Kakebo e tricot

Partilho no Yarn Along...
 Mas o que é o Kakebo?!
É o maior aliado da nossa "economia familiar"! Não é uma simples agenda doméstica, é muito mais do que isso e tem sido com entusiasmo que tenho lido, ponderado e registado os gastos da família. Este livro de poupança doméstica desafia a estabelecermos objectivos, entre os quais destaco aqui apenas um dos que quero muito atingir, conseguir verba para viagens. Para isso, após analise dos resultados mensais, espero perceber quais são as despesas menos necessárias e mais dispensáveis. Uma das dicas do primeiro trimestre é transformar um dos meus defeitos, ser distraída, no meu maior truque. Como?! No final do mês vou revistar todos os bolsos, carteiras, gavetas e caixas, aquilo que o Kakebo designa por "buracos negros", à procura de moedas e notas que se "perderam" no meu dia-a-dia. Espero ter uma agradável surpresa! 
Uma das viagens que gostaria de fazer está relacionada com o tricot. Gostava de regressar a Edimburgo, para o Yarn Festival. O problema é que é já em Março e não sei se conseguirei verba suficiente. Se não conseguir, todo o dinheiro que tiver colocado de parte para o efeito, reverte para outra viagem.
As minhas leituras não são apenas de "Economia", continuo com a leitura de Romances Históricos. 
Nesta fotografia, saliento o meu primeiro provisional cast-on, que é como quem diz, as minhas malhas provisórias para fazer uma costura quando terminar este projecto. Vamos ver se no final conseguirei dar conta do recado. A gola/ cachecol que estou a tricotar é com lã da Artimoda e o projecto é do blog Things to knit, el reto de 2015.

3 comentários:

Carina Ferreira disse...

Espero que tenha boas surpresas no fim do mês e que faça essa viagem tão desejada!
Beijinhos,
Carina

Paula disse...

Sofia, espero que as "distracções" sejam em número suficiente para juntar a tempo do festival :)

Borboleta Serrana disse...

Obrigada Paula e Carina. As "distracções" serão apenas uma ajuda!