segunda-feira

#5 - Diário de um colete Fair Isle com um final Feliz!

Preparar o trabalho para cortar, apanhando malhas com agulha de crochet. Secção do padrão em que claramente a cor "intrusa" não resultou!
Mais um erro mas que acabou por não ser grave foram as malhas centrais do steek, deviam ser 2 e não uma o que implicou um corte mais difícil e arriscado!
Steek concluído, falta apanhar as malhas
apanhar malhas da cava
Na etapa final do colete senti um misto de entusiasmo e receio. 
Como o meu filho diz, a malha deixa-me na "descontra" (a par da descontracção vem a distracção, o que me levou a cometer variadíssimos erros!) mas, chegado o "momento da verdade", fiquei mais ansiosa e insegura, do que qualquer outra coisa! Quando comecei a ver que o "Steek" estava a resultar, o meu coração pulou de alegria e até dancei, para gozo da família! 

a separar os fios para fazer ponto de "Arraiolos" no remate
A fase de remates e acabamentos voltou a ser mais serena e meditativa. A fotografia que tirei, ao colete terminado, partilhei nos KALs em que estava a participar mas, como ficaram com péssima luz e enquadramento, voltarei a tirar uma melhor para partilhar aqui.
Apesar do erro na escolha das cores, estou feliz com o resultado final e todo o processo em si! Aprendi muito e principalmente aprendi errando. Logo no início suspeitei do erro da escolha da cor, agora e após esta aprendizagem tornou-se mais do que óbvio como devo jogar com as cores e o que devo evitar. Evidentemente que ainda tenho um longo caminho pela frente e muitas horas para praticar. 
Desde que regressei à malha o meu objectivo era conseguir fazer Fair Isle e com "Steek". A Rosa Pomar deu-me as bases e a motivação para o fazer, a Mary Jane Mucklestone nas aulas da Craftsy foi o meu apoio ao longo de todo o processo. Estou muito satisfeita com as aulas da Craftsy e estou pronta para mais um projecto acompanhada desta vez pela  Amy Detjen, com quem já muito aprendi sobre a construção de uma camisola Yoke e ainda nem sequer iniciei o projecto! Aguardo que a minha filha escolha as cores para encomendar a lã, depois ainda terei de esperar pela chegada da encomenda. Estas "férias" entre aulas da Craftsy utilizo para fazer T.P.C (trabalhos de casa) que marquei a mim mesma, são eles, terminar pelo menos um projecto dos que tenho nas agulhas antes de recomeçar com as aulas. 

Como gosto de aproveitar as promoções da Craftsy investi nas aulas da Susan B. Anderson, para aprender mais sobre as variadíssimas técnicas de construção de meias. Para estas aulas já tenho o material, uma meada que o Zé escolheu na nossa viagem à Irlanda para ter uma "memória física" feita por mim. Nada melhor do que umas meias para recordar os km que palmilhámos em terras irlandesas.

3 comentários:

Adriana Costeira disse...

Parabéns Sofia, apesar dos pesares, o colete é lindo! E claro a primeira vez é sempre mais difícil! Concerteza da próxima vai correr melhor!
Beijinhos!!!

Naná disse...

Isso é uma obra prima!

Parabéns!

Sofia Amaral M. disse...

Obrigada Adriana e Naná!