quarta-feira

Yarn Along {April}


Malha
Estou nas mangas da Humulus. Inicialmente pensava fazer todo o esquema em amarelo, mas tive receio de não sobressair o suficiente. Numa fase tímida de cores, tive alguma dificuldade em decidir o que fazer. As azedas da minha infância, os dentes de leão e os líquenes que vestem os muros e rochedos da Serra de Sintra foram a minha inspiração. Juntei  ao amarelo das flores o verde dos caules, não tendo desistido do amarelo não só por ser a cor das azedas e dos dentes de leão, mas também porque sobre este cinza azulado fez-me ver os líquenes nos rochedos.
Dentes de Leão

Azedas

Líquenes

Leituras:
O regresso ao patchwork pesou na escolha do livro de Jodi Picoult, na minha mais recente visita à Livraria Bertrand (enquanto esperava o início da sessão de cinema) uma leitura diferente, onde vai sendo revelada a forma de "Vida Simples" das "pessoas simples", que são os Amish. Nada vou revelar do enredo, podem ler aqui a sinopse, mas gostava de partilhar algumas passagens que achei interessantes:
(...) Quando Sarah me convidou para uma sessão de acolchoamento que estava a realizar na sala,(...). Um convite para costurar era uma espécie de concessão, umas boas-vindas ao seu mundo que não tinham sido dadas anteriormente"
Num outro capítulo:
Para vocês, tem tudo a ver com quem sobressai mais. Quem é o mais inteligente, o mais rico, o melhor. Para nós, tem tudo a ver com passar despercebido. Como os retalhos que compõem uma colcha. Vistos um por um, não somos grande coisa, se nos puserem todos juntos, somos uma maravilha"

Pomar às Cores
Com esta leitura dei por mim a pesquisar sobre a vida Amish e estou a ver a série Living with the Amish (minuto 12). São radicais em alguns aspectos, não concordo de todo com a sua produção animal, pelo menos aquela que se vê penso que no episódio 4, mas aquilo de que todos falam agora, que todos procuram, o viver de forma simples, o "slow life", está presente no dia-a-dia dos Amish desde sempre! Neste momento, a viver acampada numa obra a decorrer há semanas, vinha mesmo a calhar uma experiência assim!
As publicações  que ando a ler estão como sempre relacionadas com aquilo com que ando a sonhar há um tempo, uma mudança para o campo, no "Pomar às Cores", para onde quero fazer mantas de patchwork e outros trabalhos decorativos. Tento combater a ansiedade que estou a viver neste momento de mudança, seguindo as boas sugestões da revista Calm.

Aqui encontram mais partilhas de projectos de malha de de leituras!

1 comentário:

P disse...

Já acrescentei a Humulus à minha lista do Ravelry.
É muito bonita! E gostei muito da escolha de cores.