Porquê "Pomar às cores"?

Para quem acompanha este blogue desde o início, talvez se lembre que começou por se chamar Ponto sem Nó, sendo as partilhas principalmente de ponto de cruz, uma das minhas grandes paixões. Faço a preceito e como tal é um ponto sem nó. Quando a vista começou a falhar, procurei outro tipo de bordado, que não exigisse a contagem fios. Como tal, inscrevi-me num curso de Bordado de Castelo Branco. Cometi um erro tremendo, mas aprendi imenso. O bordado de Castelo Branco é um castigo para olhos cansados, já que temos de bordar no sentido dos fios do linho, e o fio de seda, bem mais difícil de trabalhar, deve acompanhar o fio da trama que serve de base ao bordado. Um bordado que não dá muito margem para erros, o desenho deve ser o mais bem traçado possível. Escolhi desenhos pequenos, bem como os projetos e só depois de ter feito a minha escolha é que a minha mestre me disse que era bem pior do que ter optado por um trabalho maior. No final do curso tinha apenas bordado 3 almofadas para o menino Jesus!
No ano seguinte optei pelo bordado tradicional, mais livre e não tão exigente para os olhos. Os meus bordados passaram a ter pontos com nós, nunca nós para começar ou rematar. Como tal senti necessidade de mudar o nome do blogue, acompanhando a mudança da forma como passei a ocupar o meu tempo livre. Como a maioria dos trabalhos eram feitos em casa dos meus pais, na zona de Colares e como comecei a fazer alguns projetos para a casa que sonhamos aí ter um dia, mudei o título do blogue para Entre a Serra e o Mar, sem ter mudado o endereço. Quando a Gabi, da Agulha não Pica, escreveu no blogue Feeling Stitchy, um artigo que referia o meu trabalho, e mais este artigo, tomei consciência da baralhação que dominava este espaço! O nome não correspondia ao endereço, com o medo do que se dizia (e diz da net) identificava-me como a Borboleta Serrana, tendo mais tarde mudado para Tayari, um nome mais pequeno, enfim era uma confusão brutal. Fui mudando aos poucos, coloquei uma fotografia minha este ano (e deste ano-8/2015), apresentei-me no meu perfil e revelei o meu nome.
O tempo passa e as pessoas mudam, é a evolução natural.
O meu irmão e a minha filha ajudaram-me a mudar e "reformatar-me". Ela comprou-me um domínio, ele transferiu "Entre a Serra e o Mar" (ou melhor, pontosemno-sofia.blogspot.com), para aqui.
O nome foi escolhido a pensar na mudança física, que começará por ser para a Praia das Maçãs*, onde procurarei viver a um ritmo diferente, daquele que me é imposto na cidade. Espero encontrar uma vida não só mais saudável, como também mais sustentável, com mais tempo para mim e para a minha família.

*O nome da praia deve-se ao facto de o rio que ali vai desaguar ter corrido, em tempos, entre pomares de macieiras, pelo que a fruta, quando estava madura, caía na água e ia dar à praia.

Sem comentários: